A gente tava lá: O Teatro Mágico, voz e violão

By Maio 20, 2018

Diferente do usual, sem a trupe, sem dançarinas, e com pouca maquiagem, Fernando Anitelli, traz a magia de todo um teatro inteiro para o público que o abraçou e cantou de pé na véspera de seu aniversário

 

BH foi uma das cidades escolhidas para o show intimista de Anitelli. O Cine Theatro Brasil Vallourec disponibilizava de poucas cadeiras vagas. Antes de começar o espetáculo, um vídeo foi apresentado no telão, onde era anunciada a volta da trupe do Teatro Mágico ainda em 2018.

COMEÇO INESPERADO

O anúncio serviu para deixar a platéia mais calorosa e empolgada. Eis quando, inesperadamente, Fernando Anitelli surge por entre os espectadores. Começou na platéia de cima do teatro a declamar uma poesia, foi descendo por entre o público, até que chegou ao palco, para perto de seu violão, com algumas palhaçadas marcantes.

Talvez o público esperasse um show mais calmo, mais sereno, e sem muita agitação. Se engana quem pensou que o show aconteceria nessas proporções. O concerto se tornou bastante euforico, e tamanha frenesi foi liderada pelo vocalista, que arrebentou uma das cordas do violão logo na segunda canção.

Até mesmo no momento de trocar as cordas do instrumento, o músico faz questão de deixar os ouvintes envolvidos e participativos. Trazendo piadas sobre o segredo de se afinar um violão, diz que o grande lance para dar certo está nas caretas.

INTERAÇÃO

E com, mais piadas, e casos contados, o show foi seguindo, e gradativamente fez com que o envolvimento seja geral, e passasse também da platéia para o palanque, e não só de maneira retórica.

Para falar a verdade, nem sei quantas canções foram tocadas. O show é muito mais que música, é uma soma de fatores artísticos e poéticos, seja na interpretação, na interação ou até mesmo na pausa para se beber uma água.

SARAU

Basicamente, o Espetáculo, com "E" maiúsculo, é um grande sarau. Isso fica mais claro quando o artista se acomoda na beirada do palco e declama uma poesia que conta ter conhecido de um cantor de hip hop em um sarau.

Após declamar e interpretar a poesia. ele abre espaço para que o públicopossa fazer sua contribuição para o show. Inicialmente disse que 4 pessoas poderiam ir ao microfone e ter o seu momento no espetáculo.

O momento foi estendido para quase 10 pessoas, que agiram de forma diferente. Algumas poesias autorais, outras de poetas famosos como, Vinicius de Moraes, dentre variadas formas de afeto de demostrar sua arte.

CASAMENTO E OUTRAS ARTES

Dentre as pessoas que iam de encontro ao microfone, uma delas estava lá para um pedido de casamento, com um discurso pronto, a pessoa pediu permissão para Anitelli, e chamou seu amado a frente. Toda a platéia aplaudiu e chorou junto.

Ainda teve uma outra, graduando em pedagogia que fez um livro infantilbaseado no Teatro Mágico, e teve a oportunidade de ler sua obra. Também um artista que presenteou o cantor com uma miniatura sua.

A parte mais emocionante do sarau foi quando uma jovem, bastante tímida por conta do microfone e dos olhares atentos a ela, contou sua história com o cantor.

UMA LÁGRIMA

O pai da menina teve leucemia, e optou por um tratamento experimental que era necessário bolsas de sangue de tipo raro. Após pedir para muitas pessoas, eles não haviam conseguido o tanto preciso. Foi aí, então que Fernando Anitelli entrou. Ele viu a postagem da garota, e ajudou acompartilhar em suas redes sociais, o que resultou em mais de 200 bolsas.

Na frente do palco ela agradeceu o cantor e levou seu pai para o show. Atitude que fez Fernando cair no choro, assim como parte da platéia. Elesaudou os dois com um abraço e um beijo.

Após a parte inusitada, o cantor voltou aos microfones, e ficava cada hora em uma parte do palco para ter proximidade com o maior número de pessoas possível. Um menino de cerca de oito anos, o seguia para todos os lados, e foi recompensado . Ao final do show dançou no palco junto ao cantor o maior hit da banda.

RECOMPENSA

Ainda sobrou tempo para o público bater palmas e cantar, "Parabéns para você" para Fernando, que fazia aniversário no dia seguinte.

E foi com essa junção perfeita de Artista e Público que fez com que esse show fosse um dos mais espetaculares que tive a oportunidade de presenciar.

SHOW DEMOCRÁTICO

Ao final, quem quisesse se juntar para um coro na última canção, poderia subir aos palcos, muita gente foi, e muita gente não pôde por conta da segurança, mesmo com o cantor permitindo. E todos de pé saudaram agrande notícia que ficou guardada para o final: O Teatro Mágico virá em Belo Horizonte no dia 29 de setembro, e dessa vez com toda a trupe. 

Calendário de Eventos

« Julho 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Instagram Casal Cultural