As Cores do Festival S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L 2020 Destaque

By Fevereiro 09, 2020
Cor no Festival S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L 2020 Cor no Festival S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L 2020

Por volta de meio dia, horário início do S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L, o Mineirão ficou colorido. As cores vinham de todos os lugares da cidade, algumas do estado, e até outras de lugares diferentes do Brasil, marcavam presença e ajudavam a colorir o estádio.

 

O contraste contribuía com o cenário cinzento deixado pela esplanada em dias que não se tem jogo de futebol por ali. Muito glitter, calças resplandecentes, maquiagem, saias que não escolhiam gênero para se encaixar em alguma perna, e diversidade marcavam a festa.

sensacional12

 

Era como se o carnaval estivesse chegando, pedindo passagem, e reivindicando o mês de fevereiro como sendo seu. Prova disso foi a escolha de três blocos conhecidos da cidade para marcar presença no festival. O “Bloco do Sargento Pimenta”, “Então Brilha” e “Chama o Síndico”, foram os responsáveis por marcar e trazer o pré-carnaval. E deu muito certo a mensagem foi passada, e a energia se alastrou para todo o resto do evento que tinha hora marcada para acabar no fim do dia.

sensacional 6

 

Nada poderia estragar a contagiante alegria que circundava toda a esplanada do Mineirão, nem mesmo a chuva. É... ela também marcou presença. Caiu por dois momentos esporádicos. Em nenhum deles foi suficiente para atrapalhar. Funcionou até como um atrativo a mais para fãs que insistiam em dançar por entre as gotas d’água.

 

A chuva lavou a alma de todos que estavam ali para cantar à diversidade. Tirou um pouco do glitter, mas fez todos ali brilharem mais, com muita energia e a alegria inabalável.

 

Por falar em água, a primeira atração do Palco Budweiser, um dos principais, foi o Nação Zumbi, que aproveitou a deixa para prestar homenagem para todas as vítimas do momento chuvoso de Belo Horizonte pela falta de preparo de organizações e autoridades quanto aos desastres.

sensacional1

 

Era nesse palco que ainda aconteceria a irreverente e graciosa música dos rappers mineiros, Hot e Oreia, Rosa Neon apresentaria, e Emicida convidaria Pabblo Vittar para cantar junto.

sensacional2

 

Contudo, as apresentações do dia, não se restringiam apenas nos tablados. Muitos artistas se apresentavam no chão, dando mais uma opção e entretendo o público de modo a não deixar, em momento nenhum a “peteca cair”.

 

Outro palco maior foi o Zuur Gin, se equiparando ao Budweiser. Porém, entre os dois gigantes, existia um palco mais tímido, mas, lotado a todo momento. O Chacoalha era responsável por levar atrações locais, como Nath Rodrigues. Era onde existia a maior proximidade do público com os artistas.

 

Voltando para o Zuur Gin, era por lá que Elba Ramalho chamaria Chico César para a apresentação, onde Liniker e os Caramelows convidariam Johnny Hooker, e Duda Beat ainda se apresentaria com Gaby Amarantes. Fica difícil escolher um palco para curtir as atrações, por isso, a plateia não parava, e era esse mais motivo para felicidade.

sensacional 7

 

Ficaria difícil dizer por essas linhas todas as apresentações, e fazer justiça, contando um pouco de como foi cada apresentação. Fica mais fácil e justo generalizar, e afirmar que todos eles cumpriram com o que dá nome ao festival. Foram sensacionais. Cada um em seu estilo, com muitas diferenças que completavam o que deveria ser uma festa como essa. Muitas parcerias, algumas inusitadas, trouxeram a diversidade como conceito chave para o sucesso.

sensacional13

 

O S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L marcou, iniciou, e ousou ser o pré-carnaval oficial de Belo Horizonte. E o público juntamente com a festa mostrou o que podemos esperar do carnaval 2020, muita cor, diversidade, alegria, respeito e muita música boa. E, claro, o glitter não vai faltar.

  

Última modificação em Domingo, 09 Fevereiro 2020 19:32

Calendário de Eventos

« Julho 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Instagram Casal Cultural