Homens? Destaque

By Abril 27, 2020
HOMENS? HOMENS?
Assisti "Homens?" da Comedy Central. Série de comédia de Fábio Porchat com co-produção Porta dos Fundos, ideia e criação do próprio Porchat
O seriado já está em sua segunda temporada, aliás, acabou de estrear, ao que parece. Enfim, já sabia sobre a existência, e tinha visto um pequeno trecho, se não me engano, em 2019. 
Deixei essa passar. Apesar de ter curtido o trechinho que assisti, não empolguei. Pra mim, a impressão era de mais um besteirol, uma comédia brasileira com temática já batida. Uma coisa sobre o habitat dos homens e como vivem, de maneira um pouco mais escrota. Nada "tão" diferente assim. Afinal, já bebi dessa água. Então pensei que seria algo "mais do mesmo".PorchatHomens 1140x545
Acontece que a série te pega de surpresa, graças a um detalhe em seu título que muda todo o rumo das coisas. O tal "?". A interrogação faz com que o show concentre num outro lado dos homens, o do questionamento. Afinal, o que é o ser homem? 
Fábio Porchat começa de um jeito bem comum, e aposta na besteirol mesmo. Vocês já sabem... Nas conversas machistas, nos papos  escrotos que acontecem quando amigos se encontram, e a partir disso pega o público mais difícil e o mais necessário.
homens 2
Porém, com o passar dos episódios, a turma de quatro amigos, que formam os protagonistas vão vivenciando experiências que os mudam, e fazem enxergar o mundo com outra visão. Lidando com acontecimento que são assuntos polêmicos para homens, dando bastante enfoque na questão sexual. 
Além dos quatro, outro protagonista é o "Pênis de Alexandre", personagem este que nada mais é que um devaneio do dono, interpretado por Porchat . 
Alexandre tenta se desvincular de preconceitos e preceitos, enquanto as visões antiquadas são ligadas ao pensamento retrógrado de seu órgão genital. 
 
15525106295c896ea5cf1be 1552510629 5x2 lg
O show passa por temas polêmicos e prega uma visão progressista em assuntos como: dificuldade de ereção, ejaculação precoce, aborto, formas diversas de relacionamento não monogâmico, diferenças de gênero dentre vários outros assuntos. Isso tudo do posto de vista de homens heteronormativos que começam uma lenta desconstrução. 
Apesar da popularidade que temas como este vem conseguindo, sendo discutidos e reproduzidos artisticamente, é genial como Porchat traz isso para um público que mais necessita de uma mudança de comportamentos, e ele faz de uma maneira na qual consegue dialogar na mesma "língua". 
A série também mostra como a criação e os costumes passados de pai para filho e prolongados ao longo da vida, em uma rotina com amigos e parentes homens contribui com uma sociedade machista. E vai além... Questiona a necessidade do homem falar e procurar sobre seus problemas sexuais, assim como incentiva a amizade sincera e honesta.
 Homenscomedy
Tudo isso vai crescendo com o passar dos episódios. Porchat sabe, inclusive, como conduzir o público para gradativamente introduzir temas mais sérios. 
Ao acompanhar, me vi muito no amadurecimento dos personagens, e também no passado deles. A série é capaz te trazer uma reflexão bela reflexão apostando no lado cômico. Todo homem deveria assistir.

Instagram Casal Cultural